alta performance alta performance

Alta performance: como alcançar esse desempenho no trabalho?

9 minutos para ler

Um profissional de alta performance é aquele que aceita desafios, se dedica para realizar metas e entrega resultados – muitas vezes, acima da média.

Sua maneira de atuar reflete em produtividade e superação de expectativas.

No mercado de trabalho, ter esse perfil é um grande diferencial na hora de concorrer a uma vaga ou a uma promoção.

Já para as empresas, equipes de alta performance são uma das chaves para o sucesso do negócio.

Por tudo isso, possuir características diferenciadas é fundamental para alcançar o destaque que se deseja.

E, nesse sentido, o conteúdo que vamos apresentar a partir de agora pode ajudar.

Acompanhe até o final para saber o que é preciso para atingir esse nível de desempenho no trabalho.

O que é alta performance?

A alta performance é um conjunto de características relacionadas ao desempenho em uma tarefa e aos resultados alcançados nela.

Podem tanto ser percebidas em nível individual (um profissional de alta performance) quanto coletivo (uma equipe assim reconhecida).

Entre essas características, estão: organização, disciplina, capacidade de definir metas, determinação e busca incessante por aprendizado e desenvolvimento de habilidades.

Um profissional atinge a alta performance quando é capaz de usar todo o seu potencial para atingir objetivos.

Por isso, ele consegue superar os bons resultados e a expectativa que a empresa tinha sobre ele.

Como você deve imaginar, a alta performance é importante tanto para que esse profissional encontre o destaque que deseja para a carreira, quanto para o negócio que o contrata.

É com a formação de times de desempenho elevado que uma organização atinge mais rapidamente as metas e resultados.

Importância da performance para os resultados

A demonstração de desempenho de um profissional se dá pela execução de tarefas, enquanto a performance é o resultado obtido no cumprimento dessas atividades.

Assim, um profissional de alta performance é aquele que consegue cumprir a missão que lhe foi dada, obtendo resultados além do esperado.

É o famoso algo a mais.

Estamos falando sobre um fator essencial para o crescimento do profissional e da empresa onde atua.

Vale destacar que a produtividade tem muito mais a ver com a qualidade das tarefas produzidas e com saber usar os recursos disponíveis, do que com a quantidade de atividades realizadas.

Poucas tarefas bem feitas e com resultados satisfatórios valem mais do que muitas tarefas com pouco resultado.

Fazer muito, mas fazer errado ou focar em atividades de menor relevância estratégica é um tipo de erro que cobra seu preço.

E isso nos leva a outro ponto importante: a saúde mental.

Alta performance e saúde mental

Quando falamos de alta performance, não podemos confundir alto nível de desempenho com sobrecarga de trabalho.

Assumir muitas tarefas ao mesmo tempo é diferente de ser produtivo.

É muito importante que todos na empresa saibam o que é realmente possível de ser cumprido – e isso vale, inclusive, para os líderes.

Caso contrário, a produtividade cai e o colaborador adoece.

Ao invés de bons resultados o prêmio passa a ser dificuldades de concentração, distúrbios de sono, desmotivação e falta de paciência.

São sintomas físicos e psicológicos que podem resultar em doenças como a Síndrome de Burnout – condição na qual os brasileiros ocupam o nada honroso segundo lugar no ranking mundial de incidência.

Características do profissional de alta performance

Para alcançar a alta performance de maneira saudável, é fundamental investir no desenvolvimento ou aperfeiçoamento de determinadas habilidades.

Veja a seguir quais são as principais.

Motivação própria

É a capacidade de se manter motivado na realização das tarefas do dia a dia. 

O profissional pode se favorecer de ações promovidas pela empresa, mas também pode ser proativo nesse sentido.

Nesse caso, a pessoa é que vai atrás da atualização e do desenvolvimento contínuos.

Essa atitude também resulta em aprendizado mútuo e ainda proporciona satisfação pessoal e coletiva.

Criatividade e capacidade de inovação

É o que chamamos de “pensar fora da caixa”, uma pessoa inquieta, que está sempre buscando soluções e melhorias.

Para isso, usa a criatividade e inova em vários aspectos.

Ter esse tipo de profissional no time ajuda a empresa a resolver problemas de forma mais ágil e eficaz.

Espírito empreendedor

Não estamos falando em montar o próprio negócio, mas em se enxergar como parte dele e, assim, ter objetivos em comum.

A sensação de pertencimento é fundamental nesse caso – por isso, deve ser incentivada pela empresa.

Ter paciência e resiliência

Capacidade de se adaptar às dificuldades e contornar rapidamente situações estressantes é um atributo importante.

Isso ajuda a transformar problemas e imprevistos em oportunidades.

Ser resiliente também implica em reconhecer erros e melhorar para seguir em frente.

Saber trabalhar em equipe

É ter consciência da importância da cooperação mútua e do comprometimento com as metas coletivas.

Isso ajuda no desenvolvimento da equipe e na afinidade entre colegas, além de ser um passo importante para chegar a um cargo de liderança.

Capacidade de tomar decisões e definir metas

É saber a hora certa de decidir o que fazer e como fazer.

Definir metas por ordem de prioridade e não optar por fazer primeiro o que é mais complexo.

Ser assertivo, planejar estrategicamente de modo a antecipar problemas e conseguir encontrar as soluções.

Saber gerenciar o próprio tempo e suas prioridades

Quem consegue se autogerenciar raramente precisa de supervisão para ter bons resultados.

Isso ajuda a ganhar a confiança das lideranças e a exercitar a autoconfiança.

Ter determinação

O segredo aqui é mapear quais são suas metas e objetivos.

Isso possibilita saber o que fazer para chegar aonde deseja.

Nesse aspecto, também é importante conhecer seus pontos fracos e fortes para entender o que aprimorar e quais habilidades desenvolver.

Melhorar sua habilidade de comunicação

Ter uma boa comunicação é essencial para expor ideias com clareza e ser compreendido.

Evita mal entendidos e se torna um diferencial na hora de apresentar projetos em grupo.

O que fazer para atingir alta performance?

Depois de tudo o que vimos até aqui, só falta uma coisa: investir naquilo que você precisa para alcançar a alta performance (individualmente) e formar times de desempenho elevado (coletivamente).

Para tanto, as dicas abaixo vão ajudar.

Acompanhe!

Saiba gerenciar suas tarefas por ordem de prioridade

Se você acha que o profissional de alta performance deve trabalhar mais horas do que o normal, está enganado.

O segredo para entregar resultados em prazos desafiadores é realizar as tarefas separando o que é urgente e o que pode esperar.

Além disso, pedir ajuda quando precisa também se torna um sinal de sabedoria.

Tenha foco

Uma vez que as prioridades estão estabelecidas, é importante não desviar do objetivo.

Um profissional de alta performance se mantém focado.

Ele planeja e determina o que precisa entregar e em qual prazo, sem se desvirtuar até concluir a missão.

Invista na melhoria de suas habilidades

Sempre que tiver a oportunidade, faça treinamentos e cursos, vá a eventos da sua área, leia jornais, revistas e artigos.

Busque leituras específicas para sua função, mas não deixe de se informar sobre os assuntos em geral.

Se você tem pouco tempo livre, a dica é ler algo novo todos os dias.

Cursos a distância em instituições confiáveis também são uma boa pedida.

Melhore sua capacidade de comunicação e integração

Um profissional de alta performance precisa de mais do que conhecimento técnico.

Conversar e interagir com colegas faz parte do aprimoramento.

E também ajuda a criar um círculo de relações e de possibilidades para futuros projetos.

Reserve alguns minutos para ir até a área de convivência da empresa.

Fale sobre seus projetos e escute o que seus colegas estão fazendo.

Essa também é uma maneira de fazer seu marketing pessoal.

Seja agradável e positivo

Bom-humor e positividade são contagiantes.

Seja a pessoa que, além de comprometida com a empresa, contagia o ambiente de trabalho com uma postura agradável e positiva.

Isso também auxilia no seu desenvolvimento como liderança.

O papel das empresas na formação de um profissional de alta performance

Qual empresa não gostaria de ter uma equipe de profissionais com alta performance?

Para alcançar esse patamar, não basta que apenas os colaboradores busquem conhecimento.

As organizações também precisam contribuir para que seus funcionários consigam chegar nesse nível.

Para isso, o principal é fazer o grupo de trabalho se envolver com a empresa.

Ou seja, o famoso engajamento, responsável pelo equilíbrio entre o bom desempenho pessoal e o coletivo.

Mas esse engajamento só acontece quando as pessoas estão motivadas.

Veja algumas maneiras de conseguir isso:

  • Investir na capacitação e desenvolvimento dos funcionários
  • Garantir que todos tenham clareza sobre suas metas
  • Tratar o grupo com igualdade e dar a todos a oportunidade de interagir nas discussões sobre os projetos
  • Ter um time diversificado, capaz de assumir funções distintas e dar autonomia aos funcionários para que eles se sintam confiantes para tomar decisões
  • Implementar a cultura do feedback de forma leve e profissional.

Sobre esta última questão, temos mais uma dica.

Quem persegue um time de alta performance deve usar o feedback como um motor de transformação diária.

E o melhor de tudo é que existem ferramentas que podem ajudar líderes e liderados a conversar sobre desempenho e tarefas mutuamente.

Experimente a Owlisten e receba feedback ágil, quando e com quem quiser, fazendo dessa estratégia um hábito na sua empresa. Leia também outros conteúdos e descubra como o Poder da Escuta é capaz de transformar sua vida profissional e seu negócio.

Posts relacionados

2 comentários em “Alta performance: como alcançar esse desempenho no trabalho?

Deixe um comentário