Pessoa sistemática Pessoa sistemática

Pessoa sistemática: 10 características e como lidar com ela no trabalho

6 minutos para ler

Uma pessoa sistemática é alguém que segue à risca as regras que lhe são impostas e as que ela mesma cria.

São organizadas, metódicas, cuidadosas e rigorosas.

Essas características, em geral, são vistas como pontos positivos.

Porém, ao longo da convivência e dependendo da capacidade de compreensão de cada um, algumas questões podem se tornar um incômodo.

Neste artigo, vamos falar sobre as características da pessoa sistemática e como lidar com ela no ambiente de trabalho.

Acompanhe a leitura até o final.

O que é uma pessoa sistemática?

Quem tem esse perfil costuma agir de acordo com a maneira que lhe parece lógica, especialmente durante a execução de atividades profissionais.

Ou seja, as regras estabelecidas para cada situação são as condutoras do comportamento de uma pessoa sistemática.

Ela entende que cada processo deve ser seguido ordenadamente.

Assim, o resultado é previsível.

10 características de uma pessoa sistemática

Por ser metódica, uma pessoa sistemática tem dificuldade em se adaptar a mudanças.

Se algo sai do roteiro, é motivo de desespero, porque os sistemáticos não sabem lidar com erros.

Além disso, também têm dificuldade de lidar com as próprias limitações.

E podem ter reações de desequilíbrio emocional quando isso é exposto para outras pessoas.

Abaixo, vamos citar as características mais comuns em uma pessoa sistemática.

1. É regrada

Costuma seguir as regras em qualquer situação.

Se a empresa estabeleceu que há uma maneira de realizar determinada tarefa, ela será feita pelo sistemático sempre da mesma forma.

Ela também cria seu próprio código de conduta, com suas próprias regras.

2. Planeja tudo

O sistemático sempre planeja o roteiro de trabalho antecipadamente e cumpre o plano metodicamente, sem alterar a rotina.

3. Rejeita mudanças

Uma pessoa sistemática sofre para se adaptar a mudanças no trabalho.

Modificar a forma de fazer algo causa nervosismo e altera sua produtividade.

4. Erros são um problema

Não importa se a falha é cometida por ela ou por um colega de trabalho: erros são inaceitáveis.

Os sistemáticos creem que tudo precisa ser feito com perfeição.

Acreditam que errar é sinal de fracasso e falta de organização.

5. Alta produtividade

Por serem disciplinadas, pessoas sistemáticas costumam ser muito produtivas.

Isso é ótimo porque tudo o que elas fazem é organizado.

6. Organização

A desordem é inaceitável.

Quando o sistemático organiza os arquivos no trabalho, por exemplo, ele cria uma maneira de fazer isso de acordo com o sistema que faz sentido para ele.

E não permite alterações a esse método de organização.

7. Metódico

O sistemático cria métodos para tudo o que faz.

Ele cria linhas de pensamentos específicas, e não adianta tentar convencê-lo a pensar diferente.

8. Disciplina

O sistemático é extremamente disciplinado.

Essa é uma característica que faz parte da forma metódica e organizada desse perfil.

9. Exigência e perfeccionismo

A pessoa sistemática preza pela qualidade.

Por isso, é exigente na realização de tarefas profissionais feitas por ela e por seus colegas.

10. Racionalidade

O excesso de disciplina e organização torna os sistemáticos muito mais racionais do que emocionais.

Isso também os torna mais lógicos e frios, o que pode ser bom para tomar algumas decisões difíceis, mas traz dificuldade nos relacionamentos interpessoais e no desenvolvimento da inteligência emocional.

Como lidar com pessoas sistemáticas no trabalho

Ter na equipe uma pessoa sistemática tem muitos pontos positivos, como mencionamos ao longo dos tópicos anteriores.

Alguns deles são alta performance, produtividade, disciplina e foco.

Entretanto, a convivência com esse tipo de profissional é delicada, já que se trata de alguém muito exigente, racional e que não se adapta facilmente a novas situações.

Esses pontos podem prejudicar o relacionamento em grupo e o espírito de equipe.

É comum que gestores e colegas não saibam lidar bem com pessoas assim.

Como resultado, os sistemáticos tendem a ficar solitários e estressados.

É possível, porém, promover uma convivência mais agradável.

Basta ter um pouco de boa vontade e jogo de cintura.

Para isso, seguem algumas dicas de como lidar com esse tipo de pessoa:

  • Promova momentos de relaxamento e incentive a pessoa sistemática a desenvolver outra atividade que não seja o trabalho
  • Uma pessoa sistemática pode ter pouca empatia com os outros e consigo. Ajude-a com isso. Uma das maneiras possíveis é elogiar seu trabalho
  • Outra forma de fazê-la baixar a guarda é manter um diálogo que não tenha relação com a convivência profissional
  • Ao manter um relacionamento com pessoas sistemáticas, tenha em mente que elas preferem ouvir a falar. Logo, você precisa tomar a iniciativa de conversar
  • Estimule-a a exercitar a inteligência emocional. Assim ela vai conseguir gerenciar melhor os sentimentos, algo importante para a rotina profissional e o autocontrole
  • A ideia de compreender a própria personalidade pode parecer assustadora para o sistemático. Mas se ele enxergar os benefícios, com certeza vai se dedicar a isso. Mostrar como cada um tem características boas e ruins ajuda nesse entendimento
  • Não esqueça que a personalidade do sistemático não irá mudar, apenas se adaptar. Então, não crie expectativas falsas. Em contrapartida, os pontos positivos poderão se sobressair aos negativos durante esse processo
  • Quando for necessário desenvolver um projeto profissional em equipe, tenha calma para passar os detalhes do trabalho. O sistemático precisa analisar tudo com tranquilidade e por partes. Então, não despeje todas as informações de uma vez só. Passe as orientações aos poucos, siga as etapas e a sequência de eventos previstos no projeto
  • A pessoa sistemática não tem paciência de ouvir normas que fujam da objetividade e da lógica. E costumam julgar seus gestores e colegas de equipe pela clareza e pela organização. Logo, seja objetivo e claro
  • A dificuldade de trabalhar em grupo faz pessoas sistemáticas preferirem fazer suas tarefas sozinhas. Então, não peça que elas sejam responsáveis por ensinar alguém a fazer algo
  • Não faça brincadeiras quando a pessoa sistemática estiver ocupada. Ao invés de um sorriso, você vai ganhar um colega irritado
  • A pessoa sistemática é resistente a mudanças, mas é aberta a sugestões que lhe sejam úteis
  • É provável que alguém com esse perfil precise de ajuda psicológica. Mas dizer isso diretamente não vai ajudar. É preciso mostrar que, assim como qualquer outra pessoa, ela precisa ter compreensão da própria personalidade e saber que há características positivas e negativas.

Para ajudar nesse processo, a cultura do feedback e a escuta ativa são muito importantes.

É essencial ter um canal aberto para o diálogo, mesmo que a conversa seja difícil.

Uma das chaves para obter sucesso nesse aspecto pode ser a ferramenta Owlisten.

Esta plataforma gratuita e colaborativa de coleta de feedback pode revolucionar a comunicação interna na sua equipe.

Experimente!

Posts relacionados

Deixe um comentário